Explicações de Análise Complexa e Equações Diferenciais

Uma equação diferencial, na matemática, é uma equação em que a incógnita é uma função que se apresenta na equação sob a forma das suas correspondentes derivadas.
Denominam-se equações diferenciais ordinárias, aquelas que contêm apenas funções de uma única variável, sendo as equações que contêm mais que uma variável e correspondentes derivadas parciais, apelidadas de equações diferenciais parciais.
As equações diferenciais têm múltiplas aplicações práticas, nomeadamente na física, na engenharia, na economia, na biologia, na medicina, na química e em muitos outros domínios do conhecimento científico.
A unidade curricular Análise Complexa e Equações Diferenciais, que integra muitos dos cursos do ensino superior, em particular aqueles em que a componente de matemática é relevante, a despeito de em algumas universidades se apresentar com outra denominação, inclui no seu conteúdo programático um vasto leque de conceitos e raciocínios matemáticos, cujos alunos nem sempre os absorvem com facilidade.
O Centro de Explicações de Lisboa, dispõe-se a ajudá-lo a ultrapassar as dificuldades inerentes à “cadeira” de “Análise Complexa e Equações Diferenciais”  tendo no seu corpo docente, explicadores ( mestres e doutorados), que lhe  irão facilitar a compreensão das coordenadas polares e estrutura algébrica dos números complexos, séries numéricas e de potências, funções diferenciáveis, regras de derivação, integrais de linha e função índice, fórmula de Taylor, fórmula integral de Cauchy, séries de Laurent, séries de Fourrier, unicidade e ortogonalidade transformada de Laplace, teorema dos resíduas, integrais impróprios e muito mais …